quinta-feira, 22 de junho de 2017

Não perder a fé, JAMAIS!

Terminei o livro "Os Portugueses". Demorei, não porque a leitura fosse enfadonha, mas sim porque tracei muitos paralelos entre eles e nós, os brasileiros.

É difícil ser otimista lá e cá. Faz parte da cultura cá e lá, mas fé não falta e sempre teremos uma chance ainda que seja ínfima de encontrar a luz no final de um dos tantos túneis da história.

Então vamos em frente.

Para desopilar, vou ler Alessandro Baricco, um escritor italiano que sempre me surpreende.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Após o delicioso livro de Nina George, vamos para o sexo!

Na verdade "A Livraria Mágica de Paris" permitiu uma leitura fresca, primaveril, e apesar de dores, de separações e traumas, trouxe tudo através de outros livros, de personagens distintos e ao mesmo tempo símiles.

Delicioso.

Agora uma leitura divertida para encerrar o mês, quem sabe.

Um livro para as mulheres saberem mais sobre seu homem ou até sobre um ex, de forma divertida. Já comecei a ler e promete!

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Entre Walter Riso e Nina George

Ontem eu tive medo, raiva, indignação, tudo junto misturado. Pensei em desistir de um projeto. Não. Na verdade, pensei em desistir de dois projetos.

Daí, por força de um livro de Walter Riso que eu trouxe de Florianópolis no início do mês, inconscientemente, apaziguei os ânimos, fiz as pazes com a mentalidade, coloquei ela para dormir e me abri para enfrentar o medo, a dissipar a raiva e a indignação e até a frustração.

Fácil? Não. Nada é fácil, mas foi uma experiência libertadora atacar as profecias autorrealizadas.

Ontem, um dia intenso. Hoje um dia de relaxar e de terminar a leitura de Walter Riso para começar o sensível livro de Nina George, que já li 81 pp quase sem piscar!

Sim, é preciso não ter medo do próprio medo!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

O amor em minúsculas

Verão tórrido, excelentes safras de maçã e uva. Casa da praia fechada e eu na cidade grande, presa a questões que não dependem de mim, exclusivamente.

Tempo de voltar para a musculação, tempo de se preparar para os próximos 10 (dez) anos "VAQUE" eu tenha direito a mais dez!

Tempo de se preparar para o novo e para reciclagens. Tempo de amar e de se deixar ser amado.

Leituras ruins no mês de fevereiro. Livros para passar adiante e lembrar que a fila anda, até nos livros!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

2017 - primeira postagem

Absorta na organização do novo ano, esqueci do blog. No entanto vim anotar uma leitura maravilhosa de janeiro e vamos lá atualizar.

Ano tenso, punk, nebuloso e denso. Mas coragem não falta e determinação menos ainda para por em prática os sonhos e as metas.

Sigo aprendendo, sigo com esperança e garra.

Obstáculos? Não faltam, mas a fé remove montanhas.

Tenho trabalhado muito. Vamos em frente!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Leituras

Este livro adquiri na Feira do Livro deste ano.

Uma boa surpresa. Livro para ler em um fôlego só, mas li em dois dias.

Retrata nosso tempo, nossas relações, nossa sociedade tendo como pano de fundo um crime.

Espero escreva mais. Espero a sociedade mude um pouco.